5.1. Horizontalizar a estrutura organizacional interna, através da descentralização de decisões e processos: maior autonomia decisória e financeira das sedes regionais; ampliação da autonomia decisória dos Conselhos e Diretorias, tornando a gestão mais compartilhada; estímulo à gestão integrada junto aos conselheiros suplentes; estabelecimento de maior diálogo e cooperação com outras entidades representativas da classe, entre os CAU/UF e com o CAU/BR e as Regionais.

 

5.2. Otimização da gestão de recursos: incentivo às reuniões remotas; reavaliação das taxas de RRT, CAT e anuidade junto ao CAU/BR, buscando otimizá-las; melhor utilização dos recursos de superávit com a possibilidade de aplicação em projetos de relevância social, concursos e pesquisa.

nossas propostas

  • Instagram
  • Facebook ícone social