Sem%20t%C3%ADtulo-4-08_edited.png

nossas propostas

Sem título-4-03.png

1.1. Trabalhar para a efetivação da equidade de gênero e raça na profissão, discutindo políticas sociais que contemplem todas e todos profissionais da Arquitetura e Urbanismo. 

1.2. Promover ações de combate das desigualdades na sociedade, enfatizando a função social da Arquitetura e Urbanismo. 

1.3. Pensar e considerar o ciclo de vida das pessoas para propor estratégias de atuação no conselho e na sociedade, a partir das diferentes demandas de cada etapa da vida profissional: juventude, maturidade, terceira idade, aposentadoria; bem como maternidade, paternidade.

1.4. Promover a valorização do exercício profissional nos escritórios de todos os portes, órgãos públicos, terceiro setor e instituições de ensino, por meio de: ações para conter a precarização do trabalho profissional em todas as suas instâncias; promoção de concursos e/ou editais de projeto de modo a  responder às demandas da sociedade com qualidade e de forma propositiva; ampliação de sistemáticas de valorização de boas práticas profissionais; inclusão da mediação com as empresas fabricantes de softwares; e da discussão acerca do compartilhamento de atribuições com outros profissionais.

1.5. Trabalhar para uma remuneração mais adequada dos profissionais da Arquitetura e Urbanismo (AU) em todas áreas de atuação; trabalhar pela diminuição de alíquotas de imposto das empresas de AU;  promover discussão ampla sobre a viabilidade da inclusão dos serviços de AU no programa MEI e sobre a simplificação da Tabela de Honorários do CAU. 

1.6. Fortalecer a ética profissional através de discussões amplas para atualização do Código de Ética e Disciplina através da adequação da fiscalização profissional com mais ações orientativas e ampliação dos recursos humanos.